Núcleo da Covilhã – 93.º aniversário

0
1056
Demos cumprimento total ao programado, com a presença do Presidente da Liga dos Combatentes – Tenente-general Joaquim Chito Rodrigues, Vereador – José Armando Serra dos Reis, em representação do Presidente da CMC, e outras entidades, GNR e PSP, Núcleos de Sabugal, Guarda, Manteigas e Gouveia.
Após receção na Sede, seguiu-se a Missa de sufrágio, onde foi feita a chamada de todos os falecidos no último ano. Do Padre José Dionísio recebemos palavras elogiosas. No Monumento aos Combatentes, onde se reuniram algumas dezenas de participantes, cumpriu-se o habitual ritual, de flores toques e discursos. No final tomou a palavra o Presidente do Núcleo que agradeceu as presenças e aproveitou para falar da remodelação que o local vai sofrer e chamou a atenção para as necessidades dos combatentes neste período da sua 3.ª idade, que nunca foram acauteladas. Quanto ao novo estatuto do Combatente só referiu que apoiando a DC, o dia 9 de Abril será sempre o Dia do Combatente.
O General Chito Rodrigues ouvido com muita atenção, expressou a sua indignação ao que se pretende fazer com o novo estatuto. Fê-lo de forma inequívoca. Terminadas as cerimónias fomos até ao Hotel Varanda dos Carqueijais, onde após as entradas, se seguiu mais uma sequência de discursos. Iniciou o Presidente da AG do Núcleo – Dr. Afonso de Mesquita, que fez uma resenha sobre as actividades e necessidades do Núcleo, apelando à maior participação de sócios nas actividades, em especial nas Assembleias Gerais. O Vereador Dr. Serra dos Reis, transmitiu todo o apoio necessário, às nossas pretensões.
O Presidente da União de Freguesias de Covilhã e Canhoso, a todos surpreendeu, pela homenagem ao nosso Presidente da Direção – João Azevedo, a quem dirigiu palavras calorosas, achando justa, adequada e merecida tal homenagem, pelos mais de 30 anos que leva à frente do Núcleo e pelas atividades que se desenvolvem. O homenageado com a voz embargada pela surpresa não conseguiu articular palavras. Muito Obrigado.
Depois o Presidente da Liga dos Combatentes usou da palavra e exortou à continuação da Direção, apelando a um maior número de sócios e deixou um pequeno desafio às senhoras presentes, para formarem uma Comissão Dinamizadora. Deixou um abraço a todos os presentes e a todos os sócios do Núcleo.
Após o almoço distribuímos as habituais lembranças, havendo uma especial entregue ao Sócio mais novo do Núcleo (12 anos). O Padre obsequiou-nos com três canções muito populares e ainda houve um momento de poesia por parte do Tenente-general Chito Rodrigues. Partido o bolo de aniversário deu-se por encerrado o convívio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui