Matosinhos – Assembleia-geral

0
1357
Teve lugar nas instalações da Sede do Núcleo de Matosinhos a Assembleia Geral do Núcleo convocada pelo Presidente da Mesa da Assembleia Geral, nos termos do n.º 3.4.3 do Regulamento Geral de Funcionamento da Liga dos Combatentes. Foi feita a análise e votação do Relatório de Atividades e das Contas de 2018, tendo sido aprovados por unanimidade. Do trabalho realizado em 2018 foram descritas, pormenorizadamente, pelo Presidente da Direção na sua intervenção, todas as atividades constantes do referido relatório assim como o profícuo trabalho diário no atendimento aos sócios.
Destacou igualmente o trabalho dos delegados do Núcleo nas freguesias, recentemente empossados, na angariação de sócios como se comprova pelos 35 novos sócios feitos no decorrer do presente ano. Foram apresentados e aprovados o Plano de Atividades e o Orçamento para 2019, tendo sido salientadas as ações que vão acontecer a nível nacional e local. No ponto n.º 3 da Ordem Trabalhos – Alteração da constituição dos membros da Direção, foi solicitado à Assembleia um pedido de ratificação à decisão da Direção na substituição de dois membros da Direção que terminaram o período de tempo de serviço efetivo, por dois militares que entretanto se apresentaram para iniciarem a sua prestação de serviço na Liga dos Combatentes, o que foi aceite pela Assembleia Geral.
No último ponto da ordem de trabalhos, o Presidente da Direção deu a conhecer a todos os presentes o projeto que já se iniciou para a criação de uma medalha comemorativa do 10.º aniversário do Núcleo e lançou à discussão a proposta de legislação “Lei do Reconhecimento e da Solidariedade”. Foi uma Assembleia que se caracterizou pela participação e intervenção de vários sócios através de uma ampla e construtiva discussão sobre a vida do Núcleo e sobre os objetivos da Liga dos Combatentes. A terminar, foi servido um Porto de Honra a todos os presentes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui