O Núcleo de Lisboa realizou no dia 02 de novembro nos cemitérios do Alto de São João e Lumiar, a tradicional cerimónia evocativa do Dia de Finados, que este ano voltou a ser realizada com o figurino habitual pré-pandemia, embora com as condicionantes que a situação ainda implica.
A cerimónia foi enquadrada por uma Guarda de Honra constituída por militares dos três ramos das Forças Armadas e terno de clarins, tendo sido presidida pelo Presidente da Direção Central da Liga dos Combatentes – Tenente-general Chito Rodrigues. Associaram-se a esta homenagem entidades civis e militares, Câmara Municipal de Lisboa e Direção Central da Liga dos Combatentes. Estiveram também presentes diversos familiares e sócios da Liga.
Merece particular destaque o facto de a Câmara Municipal de Lisboa ter sido representada pelo seu Vice-presidente.
Após uma alocução alusiva ao evento pelo presidente da Direção do Núcleo de Lisboa – Coronel Rodrigues Cardoso, teve lugar a deposição de coroas de flores pelas entidades ali presentes na base da Cripta dos Combatentes. Seguidamente teve lugar uma oração com as leituras próprias destas ocasiões proferida pelo Capelão Ricardo Barbosa.
A cerimónia de homenagem aos combatentes falecidos terminou com os toques de circunstância adequados à ocasião.
Simultaneamente, no talhão dos combatentes do Cemitério do Lumiar, decorreu uma cerimónia mais simples de igual significado, com a colocação de uma coroa de flores no talhão dos combatentes.
Liga dos Combatentes
Author: Liga dos Combatentes

A LIGA DOS COMBATENTES, inicialmente designada por Liga dos Combatentes da Grande Guerra, foi fundada em 1921. Constituem objetivos da LIGA DOS COMBATENTES: a. Promover a exaltação do amor à Pátria e a divulgação, especial entre os jovens, do significado dos símbolos nacionais, bem como a defesa intransigente dos valores morais e históricos de Portugal; b. Promover o prestígio de Portugal, designadamente através de ações de intercâmbio com associações congéneres estrangeiras; c. Promover a proteção e auxílio mútuo e a defesa dos legítimos interesses espirituais, morais e materiais dos sócios; d. Cooperar com os órgãos de soberania e da Administração Pública com vista à realização dos seus objetivos, nomeadamente no que respeita à adoção de medidas de assistência a situações de carência económica dos associados e de recompensa daqueles a quem a Pátria deva distinguir por atos ou feitos relevantes praticados ao seu serviço; e. Criar, manter e desenvolver departamentos ou estabelecimentos de ensino, cultura, trabalho e solidariedade social em benefício geral do País e direto dos seus associados.

Artigo anteriorDia de Finados – VF de Xira
Próximo artigoDia de Finados – Lamego
A LIGA DOS COMBATENTES, inicialmente designada por Liga dos Combatentes da Grande Guerra, foi fundada em 1921. Constituem objetivos da LIGA DOS COMBATENTES: a. Promover a exaltação do amor à Pátria e a divulgação, especial entre os jovens, do significado dos símbolos nacionais, bem como a defesa intransigente dos valores morais e históricos de Portugal; b. Promover o prestígio de Portugal, designadamente através de ações de intercâmbio com associações congéneres estrangeiras; c. Promover a proteção e auxílio mútuo e a defesa dos legítimos interesses espirituais, morais e materiais dos sócios; d. Cooperar com os órgãos de soberania e da Administração Pública com vista à realização dos seus objetivos, nomeadamente no que respeita à adoção de medidas de assistência a situações de carência económica dos associados e de recompensa daqueles a quem a Pátria deva distinguir por atos ou feitos relevantes praticados ao seu serviço; e. Criar, manter e desenvolver departamentos ou estabelecimentos de ensino, cultura, trabalho e solidariedade social em benefício geral do País e direto dos seus associados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here