Viseu – Escola Superior de Educação – Estágios

0
265
O Núcleo de Viseu em 2018 estabeleceu um protocolo com a Escola Superior de Educação de Viseu para os alunos daquela instituição poderem estagiar no Núcleo de Viseu. Desde então já ocorreram 3 estágios, o último 2020/2021 terminou hoje, pelo que solicitámos às estagiárias um pequeno texto e respetivas fotos sobre a atividade no Núcleo.
«Olá, somos as Estagiárias Daniela Casais e Mariana Pais, do 3º ano do curso de Licenciatura em Educação Social. No ano letivo 2020/2021 realizámos o estágio na Liga dos Combatentes – Núcleo de Viseu. Este iniciou-se no final de março e finalizou-se dia 2 de julho de 2021. O mesmo era para ser iniciado em meados de outubro, mas devido à situação em que o país se encontrava na altura (COVID-19), só fora possível executá-lo mais tarde.
Este estágio neste contexto permitiu-nos assimilar novas aprendizagens e competências, que levaremos e farão de nós, no futuro melhores pessoas e acima de tudo melhores Técnicas Superiores de Educação Social.  O nosso projeto “Unidos Somos Melhores”, é um Projeto Socioeducativo.
O seu objetivo geral incidiu na melhoria do comprometimento dos associados com a instituição. A fim de concretizarmos esse objetivo, apoiamo-nos numa intervenção socioeducativa e facilitadora de relações, na qual tentámos sempre criar uma relação de confiança, empatia e de aproximação perante os associados.
Ao longo destes 4 meses, realizámos diversas atividades como, por exemplo: criação do site/blogue “Unidos Somos Melhores”, cadernos de estimulação cognitiva e sensorial “Vamos Ajudar a Exercitar a Mente” que continham diversos jogos, dinâmicas simples; atividades semanais avulsas, como por exemplo; caça-palavras, Sudoku, entre outros e publicações todas as semanas de jogos no site/blogue “Unidos Somos Melhores”, comemoração de dias festivos, como o 25 de abril, Dia do Vizinho, Dia do Combatentes, São João, entre outros. Além disto, realizamos uma tarde de Jogos Tradicionais, executamos também com material reciclado, três jogos: jogo do galo, dominó, jogo das damas e um puzzle; fizemos duas tardes de sessão de cinema e de bingo. Estas atividades pretendiam ocupar o tempo livre e promover a estimulação cognitiva e sensorial dos associados, promover momentos de lazer, promover a comunicação, dinamizar o dia-a-dia dos associados e acima de tudo estreitar as relações entre estes e nós.
Destacamos a gratificação que sentimos pela possibilidade de estagiar na Liga dos Combatentes. Ao início sentimos alguma resistência por parte dos associados, o que acaba por ser normal, dado que não nos conhecíamos, no entanto, com o passar dos dias, e agora com a finalização do estágio estamos gratas e de coração cheia por termos tido a oportunidade de lidar com alguns deles. Foi bom para nós, enquanto jovens, conhecer um pouco das vivencias deles e acima de tudo, o saber que estes se sentiam úteis de participar em algumas atividades não tem preço. Outra dificuldade, foi o estarmos a viver numa outra realidade, isto é, com a COVID-19. Tivemos de nos adaptar e de ser proativas, resilientes, resistentes e pacientes. Conseguimos ultrapassar e encarar os diversos imprevistos que aconteciam em alguns momentos.
Por fim, agradecemos a todos os elementos da Direção da Liga dos Combatentes do Núcleo de Viseu, pela forma como nos acolheram, pelos conselhos dados, ajuda e confiança. Temos a perfeita noção de que um dia voltaremos a este contexto e de que levaremos estes dias, meses nos nossos corações.»
Liga dos Combatentes
Author: Liga dos Combatentes

A LIGA DOS COMBATENTES, inicialmente designada por Liga dos Combatentes da Grande Guerra, foi fundada em 1921. Constituem objetivos da LIGA DOS COMBATENTES: a. Promover a exaltação do amor à Pátria e a divulgação, especial entre os jovens, do significado dos símbolos nacionais, bem como a defesa intransigente dos valores morais e históricos de Portugal; b. Promover o prestígio de Portugal, designadamente através de ações de intercâmbio com associações congéneres estrangeiras; c. Promover a proteção e auxílio mútuo e a defesa dos legítimos interesses espirituais, morais e materiais dos sócios; d. Cooperar com os órgãos de soberania e da Administração Pública com vista à realização dos seus objetivos, nomeadamente no que respeita à adoção de medidas de assistência a situações de carência económica dos associados e de recompensa daqueles a quem a Pátria deva distinguir por atos ou feitos relevantes praticados ao seu serviço; e. Criar, manter e desenvolver departamentos ou estabelecimentos de ensino, cultura, trabalho e solidariedade social em benefício geral do País e direto dos seus associados.

Artigo anteriorInauguração de Monumento aos Combatentes do Ultramar – Coruche
Próximo artigoAssinatura de protocolo da cedência do Alouette III do Museu do Ar ao Museu do Combatente
A LIGA DOS COMBATENTES, inicialmente designada por Liga dos Combatentes da Grande Guerra, foi fundada em 1921. Constituem objetivos da LIGA DOS COMBATENTES: a. Promover a exaltação do amor à Pátria e a divulgação, especial entre os jovens, do significado dos símbolos nacionais, bem como a defesa intransigente dos valores morais e históricos de Portugal; b. Promover o prestígio de Portugal, designadamente através de ações de intercâmbio com associações congéneres estrangeiras; c. Promover a proteção e auxílio mútuo e a defesa dos legítimos interesses espirituais, morais e materiais dos sócios; d. Cooperar com os órgãos de soberania e da Administração Pública com vista à realização dos seus objetivos, nomeadamente no que respeita à adoção de medidas de assistência a situações de carência económica dos associados e de recompensa daqueles a quem a Pátria deva distinguir por atos ou feitos relevantes praticados ao seu serviço; e. Criar, manter e desenvolver departamentos ou estabelecimentos de ensino, cultura, trabalho e solidariedade social em benefício geral do País e direto dos seus associados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here