Matosinhos – Dia do Combatente e 13.º Aniversário do Núcleo

0
154
Realizou-se em Matosinhos a cerimónia de Comemoração do Dia do Combatente e do 13º Aniversário do Núcleo de Matosinhos, promovida pelo Núcleo e pela Câmara Municipal de Matosinhos e que contou com as presenças do Presidente da Direção Central da Liga dos Combatentes, General Chito Rodrigues, Vice-Presidente da Direção Central da Liga dos Combatentes, Major-General Fernando Aguda, Vogal da  Direção Central da Liga dos Combatentes, Arquiteto Eduardo Varandas e da Presidente da Câmara, Dra. Luísa Salgueiro e de outras entidades. A cerimónia militar iniciou-se pelas 10h30, perante o testemunho de muitas dezenas de pessoas presentes em frente ao Memorial de Homenagem aos 70 combatentes do concelho de Matosinhos mortos na Guerra do Ultramar, localizado no cemitério de Matosinhos (Sendim), onde se encontravam posicionados os Porta-Guiões dos Núcleos de Matosinhos, Porto, Penafiel, Vila Meã, Maia e Marco de Canavezes, uma Secção do Regimento de Transmissões do Porto, um clarim dos Bombeiros Matosinhos-Leça da Palmeira, o Grupo Coral do Núcleo e uma Guarda de Honra composta por sócios combatentes do Núcleo. A cerimónia iniciou-se com a leitura de uma mensagem do Presidente da Direção Central da Liga dos Combatentes.
Procedeu-se de seguida à deposição de coroas de flores no Memorial, pelas seguintes entidades: União de Freguesias de Perafita, Lavra e Sta. Cruz do Bispo, União de Freguesias de Matosinhos e Leça da Palmeira, União de Freguesias de Custóias, Leça do Balio e Guifões, 2º Comandante do Comando da Zona Marítima do Norte, Câmara Municipal de Matosinhos e Liga dos Combatentes. A Força Militar, de seguida, prestou as honras militares aos combatentes mortos e o clarim dos Bombeiros Matosinhos-Leça da Palmeira executou os principais toques de homenagem. O Grupo Coral do Núcleo cantou um salmo e foi lida a prece do Exército. A cerimónia militar terminou com a entoação do Hino da Liga por parte do Coro do Núcleo. Pelas 11H30, no Hotel Tryp Expo, em Leça da Palmeira, com a Sala Rabelo 1 e 2 completamente lotada, deu-se início à Sessão Solene do 13º Aniversário do Núcleo com a condecoração com a Medalha de Bons Serviços (grau ouro), nos termos do Regulamento das Recompensas da Liga dos Combatentes do Presidente do Núcleo, Tenente Coronel Armando Costa, pelo Presidente da Liga dos Combatentes, General Chito Rodrigues. Seguiu-se a imposição da Medalha Comemorativa das Campanhas a 14 sócios combatentes do Ultramar e a entrega de 4 Testemunhos de Apreço aos associados com 50 anos de sócio e 9 associados com 40 anos de sócio.
Foram igualmente entregues a 3 sócios Testemunhos de Apreço pelos bons serviços prestados ao Núcleo nos últimos três anos. Posteriormente, o General Presidente procedeu à entrega, a um avô sócio, do Diploma “Dos Avós aos Netos” e do cartão da sua neta sócio, inserido no “Programa dos Avós aos Netos”, pretendendo-se, com esta iniciativa, incutir nos mais novos os valores da portugalidade e da cidadania, que decorrem do próprio estatuto da Liga. É de referir que esses novos associados pagam uma taxa de inscrição de 5,00€, estando isentos do pagamento de quota anual até aos 12 anos de idade, pagando 5,00€ por ano, dos 13 aos 18 anos e serão sócios de pleno direito quando atingirem este patamar etário, passando a pagar a quota de 20,00€. A sessão solene prosseguiu com o uso da palavra pelo representante do Presidente da União de Freguesias de Matosinhos e Leça da Palmeira, pelo Presidente do Núcleo de Matosinhos, pelo Vice-Presidente da Câmara Municipal de Matosinhos e pelo Presidente da Direção Central da Liga dos Combatentes. Cerca das 13H15, 155 participantes, desafiando esta pandemia, iniciaram, na Sala Caravela, o almoço de confraternização. O programa para este dia prosseguiu com a entrega por parte do Presidente do Núcleo ao General Presidente de um donativo do Núcleo para a Liga Solidária, no valor de 300€, com o objetivo de apoiar a construção de Residências Seniores para os combatentes e famílias mais idosos de que são exemplos recentes as de Estremoz e Porto. Posteriormente, os três dirigentes da Direção Central ausentaram-se devido a compromissos de agenda inadiáveis, em Lisboa. O Presidente da Direção, de seguida, informou os participantes que no dia 10NOV2021 tinha falecido o combatente David da Silva, que pertencia ao Grupo Coral e tocava concertina. Deu nota que a família pretendia doar a concertina ao Grupo Coral do Núcleo. Estando presente a sua sobrinha Ana Pinto, a mesma fez a entrega da concertina ao Maestro do Coro, tendo sido guardado um minuto de silêncio em memória do combatente David da Silva. Seguiu-se a atuação do Quinteto de metais mais percussão da Banda de Moreira da Maia de que faz parte o Secretário do Núcleo. O seu desempenho foi brilhante e muito apreciado por todos os participantes que interagiram com grande satisfação com as músicas apresentadas. O Presidente do Núcleo agradeceu a sua colaboração por participarem neste dia tão importante para o Núcleo, oferecendo-lhes a Medalha do Núcleo.
Para encerrar o programa estabelecido, o Presidente e o Vice-Presidente do Núcleo cortaram o bolo, cantou-se os parabéns ao Núcleo e foi lançado o Grito da Liga. De entre as muitas entidades presentes nas duas cerimónias, destacam-se o Secretário de Estado para o Planeamento do atual Governo, Dr. Eduardo Pinheiro, sócio do Núcleo, o Presidente da Liga dos Combatentes, o Vice-Presidente da Liga dos Combatentes, o Vogal da  Direção Central, a Presidente da Câmara, o Vereador da Educação, o 2.º Comandante da Zona Marítima do Norte, o Comandante da Divisão Policial da PSP de Matosinhos, o Presidente da União de Freguesias de Custóias, Leça do Balio e Guifões, os representantes do Presidente da Junta da União de Freguesias de Matosinhos e Leça da Palmeira, do Presidente da União de Freguesias de Perafita, Lavra e Sta. Cruz do Bispo e da União de Freguesias de S. Mamede de Infesta e Sra. Da Hora, os Presidentes dos Núcleos do Porto, Maia e Marco de Canavezes e os representantes dos Núcleos de Penafiel e Vila Meã, o representante do Presidente das Associações Humanitárias dos Bombeiros Voluntários de Leixões, e familiares dos matosinhenses falecidos no Ultramar, entre outros convidados.
Como notas relevantes deste dia fica a disponibilidade, a dedicação e o empenho  evidenciados pelos nossos dirigentes que tudo fizeram para que a concretização de um dos dias com mais significado para o Núcleo fosse um êxito e, mais uma vez, a evidência da importância da realização destas cerimónias para fortalecer os laços de amizade e de união entre dirigentes, sócios, familiares e amigos envolvidos pela sua demonstração de adesão aos objetivos da Liga: defesa dos valores morais e históricos de Portugal, promoção da solidariedade social e do apoio mútuo aos mais carenciados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui