O Núcleo de Tavira comemorou no passado dia 11 de novembro o “103.º Aniversário do Armistício da Primeira Grande Guerra”.
A Comemoração de mais um aniversário da assinatura do acordo que pôs fim ao conflito de 1914-1918, em que teve a participação de Portugal através do Corpo Expedicionário Português (CEP), força constituída por 107 mil militares, dos quais 7 mil morreram e 9 mil ficaram feridos, em que filhos da terra estiveram integrados.
A Cerimónia realizou-se na Praça da República, em frente ao monumento aos Combatentes da Grande Guerra – local nobre da cidade de Tavira – e contou com uma força do Regimento de Infantaria N.º 1 (RI1).
Na homenagem aos Mortos, contou com a deposição de flores e um minuto de silêncio em memória aos combatentes tombados em combate ao longo das gerações.
Este evento contou com a presença do Presidente da Câmara Municipal de Tavira, Dr.ª Ana Paula Martins, com a vereação da Câmara Municipal de Tavira, com o Presidente da Assembleia da Municipal de Tavira, sócio n.º 179.806, José Manuel Madeira Guerreiro, com o Presidente da União de Juntas de Freguesia de Santiago/Santa Maria, sócio n.º 174.854, José Mateus Costa, com os comandantes das Forças de Segurança sedeadas no Concelho (GNR e PSP), com o Comandante da Capitania do Porto de Tavira, e com o representante no Algarve da “Royal British Legion” (RBL) – Colin Hearn, acompanhado por alguns sócios da RBL, e com uma moldura humana significativa de sócios e população em geral, que se associaram às comemorações.
Liga dos Combatentes
Author: Liga dos Combatentes

A LIGA DOS COMBATENTES, inicialmente designada por Liga dos Combatentes da Grande Guerra, foi fundada em 1921. Constituem objetivos da LIGA DOS COMBATENTES: a. Promover a exaltação do amor à Pátria e a divulgação, especial entre os jovens, do significado dos símbolos nacionais, bem como a defesa intransigente dos valores morais e históricos de Portugal; b. Promover o prestígio de Portugal, designadamente através de ações de intercâmbio com associações congéneres estrangeiras; c. Promover a proteção e auxílio mútuo e a defesa dos legítimos interesses espirituais, morais e materiais dos sócios; d. Cooperar com os órgãos de soberania e da Administração Pública com vista à realização dos seus objetivos, nomeadamente no que respeita à adoção de medidas de assistência a situações de carência económica dos associados e de recompensa daqueles a quem a Pátria deva distinguir por atos ou feitos relevantes praticados ao seu serviço; e. Criar, manter e desenvolver departamentos ou estabelecimentos de ensino, cultura, trabalho e solidariedade social em benefício geral do País e direto dos seus associados.

Artigo anteriorDia do Armistício – Santa Margarida da Coutada
Próximo artigoDia do Armistício – Winnipeg (Canadá)
A LIGA DOS COMBATENTES, inicialmente designada por Liga dos Combatentes da Grande Guerra, foi fundada em 1921. Constituem objetivos da LIGA DOS COMBATENTES: a. Promover a exaltação do amor à Pátria e a divulgação, especial entre os jovens, do significado dos símbolos nacionais, bem como a defesa intransigente dos valores morais e históricos de Portugal; b. Promover o prestígio de Portugal, designadamente através de ações de intercâmbio com associações congéneres estrangeiras; c. Promover a proteção e auxílio mútuo e a defesa dos legítimos interesses espirituais, morais e materiais dos sócios; d. Cooperar com os órgãos de soberania e da Administração Pública com vista à realização dos seus objetivos, nomeadamente no que respeita à adoção de medidas de assistência a situações de carência económica dos associados e de recompensa daqueles a quem a Pátria deva distinguir por atos ou feitos relevantes praticados ao seu serviço; e. Criar, manter e desenvolver departamentos ou estabelecimentos de ensino, cultura, trabalho e solidariedade social em benefício geral do País e direto dos seus associados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here