O Núcleo de Estremoz da Liga dos Combatentes, assinalou no dia 14 de novembro de 2021, as Cerimónias do 103.º Aniversário do Dia do Armistício, 47.º Aniversário do Fim da Guerra do Ultramar e do 96º Aniversário do Núcleo de Estremoz, junto ao Monumento do Combatente, na Cidade de Estremoz.
 A Cerimónia foi presidida pelo Vice-Presidente da Liga dos Combatentes, MGen Fernando Aguda.
Esta efeméride contou ainda com a presença do Comandante do Regimento de Cavalaria 3 – Cor Cavª Jorge Ferreira, que se fez acompanhar pelo Adj do Comandante do RC3 Sargento-chefe Jorge Carujo, o Presidente da Câmara Municipal de Estremoz – Dr. José Daniel Sadio e demais Vereadores; Presidente da Assembleia Municipal de Estremoz –  Dr. Ricardo Catarino; Presidente da Câmara de Sousel – Eng. Manuel Valério, Presidente da Câmara de Fronteira – Dr. Rogério Silva – Presidentes de Junta de Freguesia de Santa Maria/Santo André – Pedro Ramalho, Arcos – António Broa, Evoramonte – António Serrano, São Lourenço e São Bento do Ameixial – José Duarte; Comandante da Polícia de Segurança Pública Sub-Comissário Gabriel Coutinho e Representante da Guarda Nacional Republicana; Diretora do IEFP de Estremoz – Dr.ª Deolinda Ramalho; Presidente da Delegação da Cruz Vermelha Portuguesa de Estremoz – Dra. Rosália Cardonha; Representantes da Direção e Comandante dos Bombeiros Voluntários de Estremoz; Presidente da Associação Cultural e Recreativa dos Marinheiros de Estremoz e porta Guião, bem como, da Associação de Comandos e seu porta Guião; Presidente da Rádio Despertar; Representante e Porta Guião do Núcleo de Campo Maior da Liga dos Combatentes; Associados e simpatizantes da Liga dos Combatentes e órgãos da comunicação social, totalizando cerca de duas centenas e meia de pessoas.
O evento teve início pelas 08h30, com o Hastear da Bandeira Nacional e da Bandeira da Liga dos Combatentes, junto à sede do Núcleo.
Pelas 10h30, junto do Monumento, tiveram início as cerimónias comemorativas com a seguinte sequência:
– Apresentação da Guarda de Honra, à Entidade que presidiu à Cerimónia;
– Cerimónia de Homenagem aos Mortos, com as respetivas honras militares prestadas pela Guarda de Honra do Regimento de Cavalaria 3;
– Deposição de Coroas e Ramos de Flores, na base do Monumento, por 14 entidades;
–  Momento de reflexão/Invocação Religiosa
– Alocução pelo Presidente do Núcleo, TCor João Carlos Marçal Verdugo;
No final da cerimónia entoou-se o Hino Nacional.
A culminar as Comemorações do 103.º Aniversário do Dia do Armistício, 47.º Aniversário do Fim da Guerra do Ultramar e do 96º Aniversário do Núcleo de Estremoz, os convidados e associados foram brindados com um almoço convívio, realizado no parque de feiras e exposições de Estremoz.
Todos os presentes sentiram que a Liga dos Combatentes tem valores permanentes e está em todas as frentes!
Liga dos Combatentes
Author: Liga dos Combatentes

A LIGA DOS COMBATENTES, inicialmente designada por Liga dos Combatentes da Grande Guerra, foi fundada em 1921. Constituem objetivos da LIGA DOS COMBATENTES: a. Promover a exaltação do amor à Pátria e a divulgação, especial entre os jovens, do significado dos símbolos nacionais, bem como a defesa intransigente dos valores morais e históricos de Portugal; b. Promover o prestígio de Portugal, designadamente através de ações de intercâmbio com associações congéneres estrangeiras; c. Promover a proteção e auxílio mútuo e a defesa dos legítimos interesses espirituais, morais e materiais dos sócios; d. Cooperar com os órgãos de soberania e da Administração Pública com vista à realização dos seus objetivos, nomeadamente no que respeita à adoção de medidas de assistência a situações de carência económica dos associados e de recompensa daqueles a quem a Pátria deva distinguir por atos ou feitos relevantes praticados ao seu serviço; e. Criar, manter e desenvolver departamentos ou estabelecimentos de ensino, cultura, trabalho e solidariedade social em benefício geral do País e direto dos seus associados.

Artigo anteriorDia do Armistício – Coimbra
Próximo artigoMonumento de Homenagem aos Combatentes das freguesias de Santa Eufémia e Boa Vista
A LIGA DOS COMBATENTES, inicialmente designada por Liga dos Combatentes da Grande Guerra, foi fundada em 1921. Constituem objetivos da LIGA DOS COMBATENTES: a. Promover a exaltação do amor à Pátria e a divulgação, especial entre os jovens, do significado dos símbolos nacionais, bem como a defesa intransigente dos valores morais e históricos de Portugal; b. Promover o prestígio de Portugal, designadamente através de ações de intercâmbio com associações congéneres estrangeiras; c. Promover a proteção e auxílio mútuo e a defesa dos legítimos interesses espirituais, morais e materiais dos sócios; d. Cooperar com os órgãos de soberania e da Administração Pública com vista à realização dos seus objetivos, nomeadamente no que respeita à adoção de medidas de assistência a situações de carência económica dos associados e de recompensa daqueles a quem a Pátria deva distinguir por atos ou feitos relevantes praticados ao seu serviço; e. Criar, manter e desenvolver departamentos ou estabelecimentos de ensino, cultura, trabalho e solidariedade social em benefício geral do País e direto dos seus associados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here