Pode dizer-se que o reconhecimento e a gratidão são um gesto sempre presente no Núcleo de Ribeirão da Liga dos Combatentes. À semelhança do ano anterior, esta instituição repetiu o gesto para que muitas famílias possam ter um natal mais aconchegado. Ferreira dos Santos é presidente da direção do núcleo de Ribeirão e já há muito anos que reclama justiça para com quem teve que enfrentar a guerra no Ultramar. “Querer é Vencer” diz o presidente do núcleo, que viu a necessidade de ajudar quem precisa “começamos com quarenta e duas famílias de combatentes, incluindo também os soldados que passaram pela Índia”, referiu Ferreira dos Santos. Preocupado com os combatentes tem sempre o foco nestas famílias para que nunca fiquem desprotegidas.
Um cabaz “que é oferecido com amor e carinho e para que estas famílias possam sentir um pouco de conforto”, adiantou este responsável pelo Núcleo de Ribeirão.
As famílias passam dificuldades “é com eles que agora me preocupo, aliás, nunca fugi a essa regra. Sou persistente, tenho a colaboração da Direção Central da Liga, uma ajuda que tarda em chegar, já deveria ter acontecido há 60 anos”, conclui Ferreira dos Santos.
Para além da cerimónia, que faz questão de realizar, deixou também palavras de alento a todos aqueles que deram a sua vida pela pátria portuguesa.
Fonte: famalicaocanal.pt
Liga dos Combatentes
Author: Liga dos Combatentes

A LIGA DOS COMBATENTES, inicialmente designada por Liga dos Combatentes da Grande Guerra, foi fundada em 1923. Constituem objectivos da LIGA DOS COMBATENTES: a. Promover a exaltação do amor à Pátria e a divulgação, especial entre os jovens, do significado dos símbolos nacionais, bem como a defesa intransigente dos valores morais e históricos de Portugal; b. Promover o prestígio de Portugal, designadamente através de acções de intercâmbio com associações congéneres estrangeiras; c. Promover a protecção e auxílio mútuo e a defesa dos legítimos interesses espirituais, morais e materiais dos sócios; d. Cooperar com os órgãos de soberania e da Administração Pública com vista à realização dos seus objectivos, nomeadamente no que respeita à adopção de medidas de assistência a situações de carência económica dos associados e de recompensa daqueles a quem a Pátria deva distinguir por actos ou feitos relevantes praticados ao seu serviço; e. Criar, manter e desenvolver departamentos ou estabelecimentos de ensino, cultura, trabalho e solidariedade social em benefício geral do País e directo dos seus associados.

Artigo anteriorNovos Heróis, Novos Sócios Combatentes
Próximo artigoTGen Chito Rodrigues recebido pelo Presidente da República
Liga dos Combatentes
A LIGA DOS COMBATENTES, inicialmente designada por Liga dos Combatentes da Grande Guerra, foi fundada em 1923. Constituem objectivos da LIGA DOS COMBATENTES: a. Promover a exaltação do amor à Pátria e a divulgação, especial entre os jovens, do significado dos símbolos nacionais, bem como a defesa intransigente dos valores morais e históricos de Portugal; b. Promover o prestígio de Portugal, designadamente através de acções de intercâmbio com associações congéneres estrangeiras; c. Promover a protecção e auxílio mútuo e a defesa dos legítimos interesses espirituais, morais e materiais dos sócios; d. Cooperar com os órgãos de soberania e da Administração Pública com vista à realização dos seus objectivos, nomeadamente no que respeita à adopção de medidas de assistência a situações de carência económica dos associados e de recompensa daqueles a quem a Pátria deva distinguir por actos ou feitos relevantes praticados ao seu serviço; e. Criar, manter e desenvolver departamentos ou estabelecimentos de ensino, cultura, trabalho e solidariedade social em benefício geral do País e directo dos seus associados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe o seu comentário!
Please enter your name here