Realizou-se junto ao monumento aos marinheiros mortos na I Guerra Mundial, adossado à muralha Norte do forte de São Brás em Ponta Delgada, uma Cerimónia evocativa do 102º aniversário do Dia do Armistício da Grande Guerra, 99º aniversário da fundação da Liga dos Combatentes e 46º aniversário do fim da Guerra do Ultramar.
Contou com a presença do Secretário Regional da Presidência do Governo Regional dos Açores (GRA), em representação do Presidente do GRA, do Comandante Operacional dos Açores, dos Comandantes da Zona Militar dos Açores e da Zona Marítima dos Açores, do Chefe de Gabinete da Presidente da Câmara Municipal de Ponta Delgada, em representação da Presidente daquela Câmara bem como dos membros da Direção deste Núcleo.
Esta cerimónia teve início às 11:00 com a deposição de coroas de flores, seguido da leitura de uma prece pelo capelão do Comando da Zona Militar dos Açores, um minuto de silêncio e terminou com a seguinte alocução pelo Presidente do Núcleo das Ilhas de São Miguel e Santa Maria da Liga dos Combatentes de que se destacam as seguintes passagens:
“(…) Evocamos hoje, com a simplicidade que a actual e dramática situação de pandemia exige, o centésimo segundo aniversário do cessar fogo da I Guerra Mundial (…)
No entanto, não podemos deixar de recordar, aqui e agora, os cerca de 100.000 militares portugueses, que se bateram em três teatros de operações neste sangrento conflito:
No Norte da Europa (…) na África, no Sul de Angola e no Norte de Moçambique (…) Na frente Atlântica, onde a nossa Marinha de Guerra, apesar dos escassos e desadequados meios disponíveis, cumpriu a sua missão, por vezes à custa de heroicos sacrifícios, como foi o caso da guarnição do escoltador oceânico Augusto Castilho, que este belo monumento esculpido por Diogo Lopes nos convoca (…)”
Liga dos Combatentes
Author: Liga dos Combatentes

A LIGA DOS COMBATENTES, inicialmente designada por Liga dos Combatentes da Grande Guerra, foi fundada em 1923. Constituem objectivos da LIGA DOS COMBATENTES: a. Promover a exaltação do amor à Pátria e a divulgação, especial entre os jovens, do significado dos símbolos nacionais, bem como a defesa intransigente dos valores morais e históricos de Portugal; b. Promover o prestígio de Portugal, designadamente através de acções de intercâmbio com associações congéneres estrangeiras; c. Promover a protecção e auxílio mútuo e a defesa dos legítimos interesses espirituais, morais e materiais dos sócios; d. Cooperar com os órgãos de soberania e da Administração Pública com vista à realização dos seus objectivos, nomeadamente no que respeita à adopção de medidas de assistência a situações de carência económica dos associados e de recompensa daqueles a quem a Pátria deva distinguir por actos ou feitos relevantes praticados ao seu serviço; e. Criar, manter e desenvolver departamentos ou estabelecimentos de ensino, cultura, trabalho e solidariedade social em benefício geral do País e directo dos seus associados.

Artigo anteriorSabugal – Dia do Armistício
Próximo artigoPorto – Dia do Armistício
Liga dos Combatentes
A LIGA DOS COMBATENTES, inicialmente designada por Liga dos Combatentes da Grande Guerra, foi fundada em 1923. Constituem objectivos da LIGA DOS COMBATENTES: a. Promover a exaltação do amor à Pátria e a divulgação, especial entre os jovens, do significado dos símbolos nacionais, bem como a defesa intransigente dos valores morais e históricos de Portugal; b. Promover o prestígio de Portugal, designadamente através de acções de intercâmbio com associações congéneres estrangeiras; c. Promover a protecção e auxílio mútuo e a defesa dos legítimos interesses espirituais, morais e materiais dos sócios; d. Cooperar com os órgãos de soberania e da Administração Pública com vista à realização dos seus objectivos, nomeadamente no que respeita à adopção de medidas de assistência a situações de carência económica dos associados e de recompensa daqueles a quem a Pátria deva distinguir por actos ou feitos relevantes praticados ao seu serviço; e. Criar, manter e desenvolver departamentos ou estabelecimentos de ensino, cultura, trabalho e solidariedade social em benefício geral do País e directo dos seus associados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe o seu comentário!
Please enter your name here