Morreu o general José Lemos Ferreira

0
339
O ex-chefe do Estado-Maior-General das Forças Armadas (CEMGFA) general José Lemos Ferreira morreu aos 90 anos, disse esta quinta-feira à Lusa uma fonte militar.
Chefe do Estado-Maior da Força Aérea em 1977, foi também CEMGFA durante cinco anos, entre 1984 e 1989.
José Lemos Ferreira nasceu em Portalegre, em 23 de junho de 1929.
O Presidente da República lamentou esta quinta-feira a morte do general Lemos Ferreira, ex-chefe de Estado-Maior-General das Forças Armadas (CEMGFA), que lembrou como “uma notável personalidade da vida militar portuguesa”.
Numa nota publicada do “site” da Presidência da República, Marcelo Rebelo de Sousa recordou o general pela sua “forte liderança” e “uma firme postura institucional e carismática”, além de “uma visão inovadora e corajosa”.
José Lemos Ferreira “moldou a Força Aérea do século XXI, criando e edificando uma verdadeira revolução na instituição, engrandecendo-a e adaptando-a aos novos desafios”, lê-se na nota.
O Chefe do Estado, que é, por inerência, comandante supremo das Forças Armadas, assinalou ainda que o ex-CEMGFA “foi várias vezes agraciado pelo Estado português”, nomeadamente com a Grã-Cruz da Ordem Militar de Cristo, com a Grã-Cruz da Ordem Militar de Avis e com a Medalha de Prata de Valor Militar com Palma” e ainda com a Grã-Cruz da Ordem Militar da Torre e Espada do Valor, Lealdade e Mérito, pelo Presidente da República Mário Soares, em 1989.
Fonte: LUSA
Liga dos Combatentes
Author: Liga dos Combatentes

A LIGA DOS COMBATENTES, inicialmente designada por Liga dos Combatentes da Grande Guerra, foi fundada em 1923. Constituem objectivos da LIGA DOS COMBATENTES: a. Promover a exaltação do amor à Pátria e a divulgação, especial entre os jovens, do significado dos símbolos nacionais, bem como a defesa intransigente dos valores morais e históricos de Portugal; b. Promover o prestígio de Portugal, designadamente através de acções de intercâmbio com associações congéneres estrangeiras; c. Promover a protecção e auxílio mútuo e a defesa dos legítimos interesses espirituais, morais e materiais dos sócios; d. Cooperar com os órgãos de soberania e da Administração Pública com vista à realização dos seus objectivos, nomeadamente no que respeita à adopção de medidas de assistência a situações de carência económica dos associados e de recompensa daqueles a quem a Pátria deva distinguir por actos ou feitos relevantes praticados ao seu serviço; e. Criar, manter e desenvolver departamentos ou estabelecimentos de ensino, cultura, trabalho e solidariedade social em benefício geral do País e directo dos seus associados.

Artigo anteriorMoledo (Lourinhã) – Monumento de Homenagem aos Combatentes
Próximo artigoMDN Gomes Cravinho em Roteiro de Defesa Nacional
Liga dos Combatentes
A LIGA DOS COMBATENTES, inicialmente designada por Liga dos Combatentes da Grande Guerra, foi fundada em 1923. Constituem objectivos da LIGA DOS COMBATENTES: a. Promover a exaltação do amor à Pátria e a divulgação, especial entre os jovens, do significado dos símbolos nacionais, bem como a defesa intransigente dos valores morais e históricos de Portugal; b. Promover o prestígio de Portugal, designadamente através de acções de intercâmbio com associações congéneres estrangeiras; c. Promover a protecção e auxílio mútuo e a defesa dos legítimos interesses espirituais, morais e materiais dos sócios; d. Cooperar com os órgãos de soberania e da Administração Pública com vista à realização dos seus objectivos, nomeadamente no que respeita à adopção de medidas de assistência a situações de carência económica dos associados e de recompensa daqueles a quem a Pátria deva distinguir por actos ou feitos relevantes praticados ao seu serviço; e. Criar, manter e desenvolver departamentos ou estabelecimentos de ensino, cultura, trabalho e solidariedade social em benefício geral do País e directo dos seus associados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe o seu comentário!
Please enter your name here