No passado dia 13 de Julho, por iniciativa da Junta de Freguesia de Carregosa e dos seus Combatentes, realizou-se naquela Vila a Inauguração do Monumento de Homenagem aos Combatentes de Carregosa, sob a Divisa: ”Muitos foram … todos voltaram” celebrando a feliz coincidência, que muito os orgulha, desta Freguesia não ter sofrido baixas em Combate, em todos os conflitos em que Portugal participou, desde 1711 até 1975.
Cerimónia presidida pelo Coronel Faustino Lucas Hilário – Secretário-geral da Liga dos Combatentes, contou com as ilustres presenças, o Dr. Rui Luzes Cabral Vice-presidente da Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis, Major Carlos Pinto e Capitão Henriques Fernandes em representação do Comando do RE3 e AM 1, Joaquim Cabete Presidente do Núcleo de Oliveira de Azeméis, Manuel Pinho Presidente do Núcleo de Macieira de Cambra, os restantes membros do Executivo em exercício, entre outras entidades Civis e Religiosas da Freguesia, acompanhados pela anfitriã da Cerimónia, Dra. Helena Moreira Presidente da Junta de Freguesia de Carregosa. As Honras Militares foram prestadas por uma Força do Regimento de Engenharia N.º 3 e marcaram presença os Guiões de Oliveira de Azeméis e Macieira de Cambra. Descerrada a placa descritiva, as entidades eclesiásticas procederam à bênção do Monumento, de seguida, com a deposição de uma coroa de flores, foi prestada a devida Homenagem aos Combatentes que tombaram ao Serviço da Pátria.
Anseio já muito antigo dos Combatentes de Carregosa, foi finalmente inaugurado, citando a Presidente da Junta de Freguesia: “Com este Monumento quer a Junta de Freguesia evocar o patriotismo, a fé e a coragem dos Carregosenses que, em momentos de guerra, combateram em defesa da nossa Pátria. Para assinalar esta data especial de evocação das memórias, o Coronel Lucas Hilário homenageou a Junta de Freguesia com o Medalhão Comemorativo do Núcleo de Oliveira de Azeméis.
Posteriormente foi apresentado o livro “Os Combatentes de Carregosa – Resenha Histórica” da autoria do Tenente-Coronel Emídio Ferreira de Aguiar, uma obra complementar ao próprio Monumento, lançado em sessão solene no Auditório Diamantino Melo
Liga dos Combatentes
Author: Liga dos Combatentes

A LIGA DOS COMBATENTES, inicialmente designada por Liga dos Combatentes da Grande Guerra, foi fundada em 1921. Constituem objectivos da LIGA DOS COMBATENTES: a. Promover a exaltação do amor à Pátria e a divulgação, especial entre os jovens, do significado dos símbolos nacionais, bem como a defesa intransigente dos valores morais e históricos de Portugal; b. Promover o prestígio de Portugal, designadamente através de acções de intercâmbio com associações congéneres estrangeiras; c. Promover a protecção e auxílio mútuo e a defesa dos legítimos interesses espirituais, morais e materiais dos sócios; d. Cooperar com os órgãos de soberania e da Administração Pública com vista à realização dos seus objectivos, nomeadamente no que respeita à adopção de medidas de assistência a situações de carência económica dos associados e de recompensa daqueles a quem a Pátria deva distinguir por actos ou feitos relevantes praticados ao seu serviço; e. Criar, manter e desenvolver departamentos ou estabelecimentos de ensino, cultura, trabalho e solidariedade social em benefício geral do País e directo dos seus associados.

Partilhe!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe o seu comentário!
Please enter your name here