Presidiram à Cerimónia o Tenente-general Joaquim Chito Rodrigues, Presidente da Liga dos Combatentes e o Presidente da Câmara Municipal de Reguengos de Monsaraz, Dr. José Gabriel Paixão Calixto. Estiveram presentes várias entidades locais: Presidente da Assembleia Municipal de Reguengos de Monsaraz, Dr.ª Ana Duarte, o Reverendo Padre Manuel José Marques, Pároco da Paróquia de Reguengos de Monsaraz, Dr.ª Élia Quintas, Vice-presidente da CM de Reguengos de Monsaraz, Vereador da CM de Reguengos de Monsaraz, Jorge Nunes, Presidente da JF de Reguengos de Monsaraz, Dr.ª Rosa Campaniço, Comandante do Destacamento Territorial da GNR, Capitão Tiago Fernandes, Presidente da Direção dos Bombeiros Voluntários, Dr.ª. Esmeralda Lucena, Sociedade Filarmónica Harmonia Reguenguense, Francisca Defesa, Diretor do Atlético Sport Clube, Joaquim Passinhas, Presidente da União de dadores de Sangue de Corval, Domingos Barras Simão e Músicos da Sociedade Filarmónica Harmonia Reguengense e cerca de 80 Sócios do Núcleo.
E membros da Direção Central da Liga dos Combatentes, Coronel Lucas Hilário, Coronel António Romero, Tenente-coronel Pires Martins, e o Coordenador do CEAMPS, Doutor António Correia. O Presidente do Núcleo de Évora, Sargento-chefe Joaquim Bravo dos Santos, e a Dr.ª Marisa Santos (CAMPS) e a Dr.ª Ana Canelas.
A cerimónia teve início às 17H00 com a receção aos convidados, seguiu-se a cerimónia de içar das bandeiras da Liga dos Combatentes e bandeira Nacional. A banda da Sociedade Filarmónica Harmonia Reguenguense, executou os referidos Hinos. De seguida, o General Joaquim Chito Rodrigues, Presidente da Liga dos Combatentes e o Dr. José Gabriel Paixão Calixto, Presidente da Câmara Municipal de Reguengos de Monsaraz, procederam ao descerramento da placa alusiva à cerimónia.
O Reverendo Padre Manuel Marques, Pároco da Paróquia de Reguengos de Monsaraz, procedeu à cerimónia Religiosa da Bênção das instalações, seguindo-se visita às mesmas. Após a visita teve lugar a cerimónia de apresentação de cumprimentos e discursos. O Presidente do Núcleo, Sargento-ajudante, António Fernando Couto agradeceu a presença de todas as Entidades convidadas, aos Combatentes, aos Sócios e a todos as pessoas que quiseram estar presentes neste dia memorável para o Núcleo de Reguengos de Monsaraz e para a Liga dos Combatentes. De seguida agradeceu a todas as entidades e empresas envolvidas assim como aos sócios que colaboraram para a realização deste projeto com especial destaque para o apoio do Hospital das Forças Armadas, Município e Junta de Freguesia de Reguengos de Monsaraz, Banco Alimentar Contra a Fome – Programa Entrajuda, Fundação Eugénio de Almeida, Caixa Geral de Depósitos, Carmim, Oculista Havaneza e às senhoras Susana Pardal e Catarina Pina.
De seguida usou da palavra o Dr. José Gabriel Paixão Calixto, Presidente da CM de Reguengos de Monsaraz. Do seu longo discurso, destacamos alguns pontos mais importantes: Um dia histórico para o Núcleo de Reguengos de Monsaraz da Liga dos Combatentes e para o nosso Concelho, com a inauguração da Clínica do Combatente e da Sede deste Núcleo. “Tenho um grande orgulho no Núcleo de Reguengos de Monsaraz da Liga dos Combatentes e na sua Direção, pelo extraordinário trabalho de valorização e aproveitamento do Património Municipal a favor da comunidade. Uma grande parceria entre Município e Núcleo que muito me orgulho. Um forte agradecimento pelas palavras dirigidas à Câmara Municipal de Reguengos de Monsaraz e à minha pessoa. Obrigado a todos vós”.
O Presidente da Liga dos Combatentes, encerrou os discursos, elogiando o trabalho realizado, agradecendo à Direção do Núcleo de Reguengos pela forma como se empenharam e geriram todo o projeto. De seguida, agradeceu ao Presidente e à Câmara Municipal de Reguengos de Monsaraz, todo o apoio prestado. No final do seu discurso, agradeceu a presença a todas as entidades convidadas, aos sócios combatentes e familiares presentes.
A cerimónia terminou com a atribuição de Diplomas de Apreço a Susana Pardal e Catarina Pina, duas sócias que contribuíram gratuitamente com o seu trabalho para o sucesso deste projeto. Procedeu à entrega dos Diplomas o General Chito Rodrigues. Seguiu-se um lanche convívio para todos os presentes.
De realçar que as novas instalações foram cedidas a título gratuito pelo Município de Reguengos de Monsaraz à Liga dos Combatentes por um período de 20 anos. As instalações são constituídas por 11 divisões, 5 WCs, estando 1 adaptado para pessoas com mobilidade reduzida, balneário e um amplo quintal. As instalações estão divididas quanto à sua utilização em duas áreas: Área correspondente ao Núcleo: Secretaria, Sala de Reuniões, Museu, Bar, Sala de Convívio, 4 WCs e Quintal com Esplanada. Área da Clínica do Combatente: Receção, Ginásio (equipado com todos os aparelhos para tratamentos de Recuperação Psicomotora e Fisioterapia), 2 gabinetes Médicos (estando 1 equipado para serviço de enfermagem e o outro com aparelho Negatoscópio para observação de RX), Balneário e WC privativo.
A Clinica do Combatentes é um Projeto de Saúde do Núcleo de Reguengos de Monsaraz enquadrado no Programa Cuidados de Saúde e está registado e certificado pela Entidade Reguladora da Saúde (ERS) como prestadora de cuidados de saúde. A ERS aceitou e aprovou que a responsabilidade pela Direção Clínica/Responsabilidade Técnica, fosse exercida pelo Professor Doutor António Correia, Especialista em Clínica e Saúde, e pela Dr.ª Ana Canelas (Especialista em Psicomotricidade). A Direção Administrativa é da responsabilidade da Direção do Núcleo de Reguengos, sendo os responsáveis legais perante a ERS, o Presidente, Sargento Ajudante António Fernando Couto e o Vice-Presidente, Sargento Ajudante, Amílcar Curvinha Lopes. A Clínica do Combatente vai funcionar em 5 dias por semana, inicialmente com vertentes: consultas Médicas, consultas de Psicologia (individual e em grupos terapêuticos) e psicomotricidade e reabilitação física e mental. O horário irá ser oportunamente divulgado.
Estão previstas, numa 2.ª fase, outro tipo de respostas: enfermagem, fisioterapia, apoio ao cuidador, apoio psicossocial domiciliário, ações de formação (em saúde e gerontologia, processos demenciais e apoio ao cuidador), workshops, seminários e rastreios vários. O acesso aos serviços da Clínica do Combatente exige que todos os utentes sejam associados do Núcleo.
  • Reguengos-Clínica-Combatente-1
  • Reguengos-Clínica-Combatente-2
  • Reguengos-Clínica-Combatente-3
  • Reguengos-Clínica-Combatente-4
  • Reguengos-Clínica-Combatente-5
  • Reguengos-Clínica-Combatente-6
  • Reguengos-Clínica-Combatente-7
  • Reguengos-Clínica-Combatente-8
  • Reguengos-Clínica-Combatente-9
  • Reguengos-Clínica-Combatente-10
  • Reguengos-Clínica-Combatente-11
  • Reguengos-Clínica-Combatente-12
  • Reguengos-Clínica-Combatente-12
Liga dos Combatentes
Author: Liga dos Combatentes

A LIGA DOS COMBATENTES, inicialmente designada por Liga dos Combatentes da Grande Guerra, foi fundada em 1923. Constituem objectivos da LIGA DOS COMBATENTES: a. Promover a exaltação do amor à Pátria e a divulgação, especial entre os jovens, do significado dos símbolos nacionais, bem como a defesa intransigente dos valores morais e históricos de Portugal; b. Promover o prestígio de Portugal, designadamente através de acções de intercâmbio com associações congéneres estrangeiras; c. Promover a protecção e auxílio mútuo e a defesa dos legítimos interesses espirituais, morais e materiais dos sócios; d. Cooperar com os órgãos de soberania e da Administração Pública com vista à realização dos seus objectivos, nomeadamente no que respeita à adopção de medidas de assistência a situações de carência económica dos associados e de recompensa daqueles a quem a Pátria deva distinguir por actos ou feitos relevantes praticados ao seu serviço; e. Criar, manter e desenvolver departamentos ou estabelecimentos de ensino, cultura, trabalho e solidariedade social em benefício geral do País e directo dos seus associados.

Artigo anteriorCovilhã – Passeio a São Miguel (Açores)
Próximo artigoCaldas da Rainha – Combatentes condecorados
Liga dos Combatentes
A LIGA DOS COMBATENTES, inicialmente designada por Liga dos Combatentes da Grande Guerra, foi fundada em 1923. Constituem objectivos da LIGA DOS COMBATENTES: a. Promover a exaltação do amor à Pátria e a divulgação, especial entre os jovens, do significado dos símbolos nacionais, bem como a defesa intransigente dos valores morais e históricos de Portugal; b. Promover o prestígio de Portugal, designadamente através de acções de intercâmbio com associações congéneres estrangeiras; c. Promover a protecção e auxílio mútuo e a defesa dos legítimos interesses espirituais, morais e materiais dos sócios; d. Cooperar com os órgãos de soberania e da Administração Pública com vista à realização dos seus objectivos, nomeadamente no que respeita à adopção de medidas de assistência a situações de carência económica dos associados e de recompensa daqueles a quem a Pátria deva distinguir por actos ou feitos relevantes praticados ao seu serviço; e. Criar, manter e desenvolver departamentos ou estabelecimentos de ensino, cultura, trabalho e solidariedade social em benefício geral do País e directo dos seus associados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe o seu comentário!
Please enter your name here