Coimbra – 97.º Aniversário

0
338
Decorreram no dia 09 de abril de 2019 as Comemorações do 97.º Aniversário da Fundação do Núcleo de Coimbra da Liga dos Combatentes.
Após a sessão de boas vindas nos Claustros do Colégio da Graça, sede no Núcleo, seguiu-se a Homenagem aos Mortos. Uma cerimónia simples mas de especial significado, onde a Direção, Órgãos Diretivos e Associados, homenagearam todos os sócios já falecidos, com a deposição de uma coroa de flores, honras militares e uma prece efetuada pelo Padre Duarte.
A sessão solene decorreu na Sala Lopes de Melo, onde o Presidente da Direção, Tenente-coronel João Paulino proferiu algumas palavras de saudação e agradecimento alusivas à data.
Foi igualmente lida a Mensagem do Presidente da Direção Central da Liga dos Combatentes, General Chito Rodrigues referente ao Dia Nacional do Combatente.
Seguiu-se uma Palestra sobre a Fundação do Núcleo de Coimbra, proferida pelo Vice-presidente da Direção Major Jorge Costa Carvalho.
Também foram entregues Testemunhos de Apreço aos Sócios com mais de 40 anos de associado: Alcides de Andrade, José Silva, Hermínio Alves, Mário Fernandes, Domingos Ferreira e Abel Bento.
Depois foram entregues os Diplomas de Compromisso de Honra do projecto “DOS AVÓS AOS NETOS” visando a perenidade da Liga dos Combatentes ao fazer Sócios Extraordinários os netos ou filhos menores, tendo sido agraciados: João Paulino, Miguel Perdigoto, Ana Carolina Paulino e Maria de Andrade Heleno.
Pelos serviços prestados ao Núcleo de Coimbra e à Liga dos Combatentes, tendo revelado notáveis valores, competência profissional e entrega no cumprimento do dever, foram louvados o Capitão Domingos Ferrugento, o Sargento-chefe João Amaral e a Assistente Social Ana Melo.
No final decorreu um pequeno momento de convívio, com um Porto de Honra e um momento musical.

Liga dos Combatentes
Author: Liga dos Combatentes

A LIGA DOS COMBATENTES, inicialmente designada por Liga dos Combatentes da Grande Guerra, foi fundada em 1923. Constituem objectivos da LIGA DOS COMBATENTES: a. Promover a exaltação do amor à Pátria e a divulgação, especial entre os jovens, do significado dos símbolos nacionais, bem como a defesa intransigente dos valores morais e históricos de Portugal; b. Promover o prestígio de Portugal, designadamente através de acções de intercâmbio com associações congéneres estrangeiras; c. Promover a protecção e auxílio mútuo e a defesa dos legítimos interesses espirituais, morais e materiais dos sócios; d. Cooperar com os órgãos de soberania e da Administração Pública com vista à realização dos seus objectivos, nomeadamente no que respeita à adopção de medidas de assistência a situações de carência económica dos associados e de recompensa daqueles a quem a Pátria deva distinguir por actos ou feitos relevantes praticados ao seu serviço; e. Criar, manter e desenvolver departamentos ou estabelecimentos de ensino, cultura, trabalho e solidariedade social em benefício geral do País e directo dos seus associados.

Artigo anteriorSeixal – 15.º Aniversário – Bombeiros Mistos de Amora
Próximo artigoElvas – Dia do Combatente
Liga dos Combatentes
A LIGA DOS COMBATENTES, inicialmente designada por Liga dos Combatentes da Grande Guerra, foi fundada em 1923. Constituem objectivos da LIGA DOS COMBATENTES: a. Promover a exaltação do amor à Pátria e a divulgação, especial entre os jovens, do significado dos símbolos nacionais, bem como a defesa intransigente dos valores morais e históricos de Portugal; b. Promover o prestígio de Portugal, designadamente através de acções de intercâmbio com associações congéneres estrangeiras; c. Promover a protecção e auxílio mútuo e a defesa dos legítimos interesses espirituais, morais e materiais dos sócios; d. Cooperar com os órgãos de soberania e da Administração Pública com vista à realização dos seus objectivos, nomeadamente no que respeita à adopção de medidas de assistência a situações de carência económica dos associados e de recompensa daqueles a quem a Pátria deva distinguir por actos ou feitos relevantes praticados ao seu serviço; e. Criar, manter e desenvolver departamentos ou estabelecimentos de ensino, cultura, trabalho e solidariedade social em benefício geral do País e directo dos seus associados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe o seu comentário!
Please enter your name here